logo

Calçada

  • 2019

    Calçada

Calçada, peça para seis intérpretes, é uma maneira de evocar a metamorfose como o único meio de experimentar a liberdade.

Calçada, peça para seis intérpretes, é uma maneira de evocar a metamorfose como o único meio de experimentar a liberdade. Devolvendo ao "devir" a sua energia, Calçada investe a alegria como uma forma de expansão individual e coletiva. Depois de ter criado Rua, com Washington Timbó, de 2015, Volmir Cordeiro aborda agora a calçada enquanto espaço privilegiado de circulação de mundos, de trabalho, de norma, de contato, de festa, de estagnação. Na busca contínua por estados de corpo contraditórios - estratégia recorrente no seu trabalho - a pesquisa em Calçada é a de "quebrar os impasses", de criar condições para que as coisas passem, e assim, autorizar a passagem como uma tentativa de celebração. Uma cena de trabalho, um cortejo que não nega a sua vulgaridade, depois um passeio desordenado que nos leva até um transe de caminhadas. Para fugir da impotência e da exclusão que governam uma certa tragédia do mundo atual, os dançarinos não param de se transformar, de se mascarar e desmascarar, de se deixarem levar para fora de si mesmos através da experiência comum de um êxtase passageiro.

CIRCULAÇÃO

STRASBOURG, França. 10 de maio de 2022. Théatre Olympia. CCN de Tours.
TOURS, França. 3 e 4 março 2022. Théâtre Olympia CDN de Tours / CCN de Tours
BRUXELAS, Bélgica. 23 outubro. Charleroi Danse, Centre Chorégraphique Wallonie Bruxelles.
VITRY-SUR-SEINE, França. 22 setembro. Festival Excentriques, La Briqueterie.
VILA DO CONDE, Portugal. 18 setembro. Circular - Festival das Artes Performativas.
FLORIANÓPOLIS, Brasil. 26 Maio. Festival Múltipla Dança. (youtube).
MONTPELLIER, França. 8 e 9 December. Théatre la Vignette e ICI - CCN Montpellier. ANULADO
BORDEAUX, França. 9 outubro, La Manufacture, FAB - Festival International des Arts de Bordeaux.
PAU, França. 6 outubro 2020. Espaces Pluriels.
TALANT, França, 15 setembro 2020, Le Dancing CDCN, L'Écrin.
GENÈVE, Suíça, 3 e 4 Setembro 2020, Festival La Bâtie.
PARIS, França. 9, 10 e 11 Dezembro 2019. Centre national de la danse - CND, Festival d'Automne.
MARSEILLE, França. 27 e 28 Setembro 2019, Théâtre du gymnase, Festival Actoral (Estréia)

Coreografia
Volmir Cordeiro
Intérpretes
Volmir Cordeiro, Martin Gil, Isabela Santana,
Marcela Santander Corvalán, Anne Sanogo, Washington Timbó
Luz
Abigail Fowler
Som
Arnaud de la Celle
Concepção Figurinos
Volmir Cordeiro em estreita colaboração com os bailarinos.
Costura
Vinca Alonso
Fotos
Fernanda Tagner
Co-produção
CND Centre national de la danse ; Le Musée de la Danse/Centre chorégraphique national de Rennes et de Bretagne, dans le cadre de la mission Accueil-studio ; Charleroi Danse – Centre Chorégraphique de la Fédération Wal- lonie – Bruxelles ; Ateliers Médicis - Clichy-sous-Bois / Montfermeil ; King’s Foun- tain ; Le Dancing CDCN Dijon Bourgogne-Franche-Comté ; La Place de la Dance, CDCN Toulouse - Occitanie ; ICI—CCN Montpellier - Occitanie / Direction Christi- an Rizzo
Apoio
Ecole Nationale Supérieure d’Art de Dijon ; Actoral, festival international des arts et des écritures contemporaines ; Département de la Seine-Saint-Denis ; DRAC Île-de-France au titre de l’aide à la structuration
Duração
1h
Produção
Donna Volcan

IMPRENSA

Ma Culture, Wilson Le Personic
Volmir Cordeiro, Trottoir

La Tribune de Genève, Katia Berger
La méthode Coué...

Par les temps qui courent, Marie Richeux
France Culture

Libération, Ève Beauvallet
Trottoir, trouble fête

Libération, Ève Beauvallet
Volmir Cordeiro, cas de force majeure

Toute Ma Culture, Amelie B. Niddam
Les Totems en mouvement de Volmir Cordeiro

La Terrasse, N. Yokel
Trottoir de Volmir Cordeiro

Les Inrocks, Fabienne Arvers
Actoral, le festival qui decoiffe

In Portfolios