You can enable/disable right clicking from Theme Options and customize this message too.
logo
logo

Inês

Inês

2014

Um dia, eu encontrei esta mulher que se chama Inês. Não fiquei satisfeito em olhá-la, eu quis sobretudo me aproximar dela. Imediatamente eu comecei a me reconhecer nela. Eu deixei para lá o meu papel de observador e eu comecei a viver com este “ser de carne”. Não fiquei satisfeito em captá-la, foi me necessário engoli-la. Aí está a minha mais forte intenção: fazê-la emergir, transformá-la em questão, propor-lhe uma cena, atribuir-lhe um problema. Como achar o sentido da sua existência na minha e como deixar habitar no meu pequeno corpo todo o seu corpo de macumbeira? Eu gostaria de propor ao público a experiência que é a minha, esta de ficar de frente com alguém desconhecido, totalmente estranho e estrangeiro, totalmente inexplorado. Tal qual ela é, Inês, parece-me indispensável em tudo o que ela contém: desde o seu objetivo insolente de pertencer ao mundo celebre até os resíduos de alegria, malícia, tristeza e vergonha que lhe fazem dançar.
Volmir Cordeiro

Inês ©Fernanda Tafner
Inês ©Fernanda Tafner
Inês ©Fernanda Tafner
Inês ©Fernanda Tafner
Inês ©Fernanda Tafner
Inês ©Fernanda Tafner

Coreografia et interpretação : Volmir Cordeiro
Criação de luz : Beto de Faria
Operador de luz : Abigail Fowler / Ludovic Rivière
Duração : 50 min
Agradecimentos: Anne-Lise Le Gac, Pauline Le Boulba, Pauline Simon.
Produção : Margelles
Classificação : Livre
Co-produção: Musée de la danse, Théâtre de Vanves, Ménagerie de Verre, Centro Cultural de Belém,
Materiais Diversos, Open Latitudes
Com o apoio de : Montevideo, Centre National de la Danse - Pantin e les Laboratoires d’Aubervilliers
Etapas de construção : « Inês, porque ela merece... » : Palais de Tokyo, CNDC d’Angers, Festival Panorama (Rio de Janeiro) e Les Laboratoires d’Aubervilliers, assim como o projeto "Emanticipation, un laboratoire" pela Cia Mua, direção de Emmanuelle Huynh, na galeria de arte Lafayette Anticipation.

Circulação

PAU, França.20 março 2018, Espaces Pluriels.
BARCELONA, Espanha. 15 fevereiro 2018, Festival Salmón. Merca de les Flors.
BILBAO, Espanha. 20 outubro 2016, La Fundicion, Festival BAD.
PAMPLONA, Espanha. 14 outubro 2016, Teatro Gayarre, Festival Inmediaciones.
LOUVAIN, Bélgica. 12 e 13 abril 2016, Stuk.
VALENCIENNES, França. 18 novembro 2015, Espace Pasolini, Festival Next.
NEW YORK, EUA. 6 e 7 novembro 2015, Danspace project, Performa.
VILA DO CONDE, Portugal. 26 setembro 2015, Circular Festival de Artes Performativas.
MINDE, Portugal. 18 setembro 2015, Festival Materiais Diversos.
VIENA, Áustria. 26 e 28 julho 2015, Viena, Impulstanz.
CUIABÁ, Brasil. 20 junho 2015, SESC Cuiabá.
FLORIANÓPOLIS, Brasil. 17 junho 2015, Teatro Pedro Ivo, Tubo de Ensaio.
SÃO PAULO, Brasil. 22, 23 e 24 maio 2015, SESC Belenzinho.
LISBOA, Portugal. 27 e 28 março, Centro Cultural de Belém.
VANVES, França. 14 março 2015, Théâtre de Vanves, Artdanthé.
PARIS, França. 4, 5 e 6 dezembro 2014, Ménagerie de Verre, Les Inaccoutumés.
MARSEILLE, França. 26 e 27 setembro 2014, Montevideo, Actoral (criação)

Voir aussi la vidéo :

 

Imprensa

Anderson do Carmo, Notícias do dia, https://ndonline.com.br/florianopolis/plural/ldquo-ines-rdquo-de-volmir-cordeiro-dispara-identificacoes-e-questionamentos

Marciano Diogo, Notícias do dia, https://ndonline.com.br/florianopolis/plural/reconhecido-no-exterior-coreografo-catarinense-volmir-cordeiro-apresenta-espetaculo-inedito

Diário Catarinense, http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2015/07/volmir-cordeiro-a-partir-de-caetano-veloso-construi-uma-grande-paixao-pela-musica-brasileira-4795020.html?pagina=17

Gia Kourlas, The New York Times, https://www.nytimes.com/2015/11/09/arts/dance/review-volmir-cordeiro-assuming-an-aspiring-celebritys-identity.html

Eva Yaa Asantewaa, Infinity body, https://infinitebody.blogspot.com/2015/11/swallowing-her-whole-volmir-cordeiro-at.html

Marie Richeux, Les nouvelles vagues, https://www.franceculture.fr/emissions/les-nouvelles-vagues/le-bresil-25-letoffe-dines

Robert Johnson, The dance enthusiast, http://www.dance-enthusiast.com/features/view/Volmir-Cordeiro

Gonçalo Frota, Ípsilon https://www.publico.pt/2015/03/27/culturaipsilon/noticia/no-corpo-de-volmir-uma-comunidade-nos-gestos-de-lander-um-maestro-1690123

Hugues Le Tanneur, Les Inrocks, https://www.lesinrocks.com/2014/10/02/scenes/actoral-toshiki-okada-volmir-cordeiro-aiguisent-notre-vision-du-reel-11527610/

Yasmine Chouaki, RFI, http://www.rfi.fr/emission/20150822-volmir-cordeiro-rediffusion

Emmanuel Moreira, Radio Grenouille, http://www.radiogrenouille.com/actualites-2/sujets/volmir-cordeiro-corps-intolerables-corps-monstrueux/

Smaranda Olcèse, Inferno, https://inferno-magazine.com/2014/10/13/volmir-cordeiro-ines-actoral-14/

Stéphanie Pioda, Artistik Rezo, https://www.artistikrezo.com/spectacle/volmir-cordeiro-epoustouflant.html

Marie-Christine Vernay, Libération, http://next.liberation.fr/theatre/2014/09/24/ines-de-la-vraie-fange_1107632